sábado, 29 de janeiro de 2011

Como tudo começou.

Desde garota eu sonhava em um dia formar uma família, conhecer alguém especial que me amasse de verdade e com ele teríamos uma criança.

E a vida realmente é feita de escolhas e um belo dia eu fiz a minha. A mamãe trabalhava em uma escola e dava aula para crianças da pré-escola, estava triste com a dona da escola, e outras coisas que me chateavam, foi quando uma amiga na época me chamou para trabalhar em uma agência de publicidade totalmente fora da minha área, mas pensei, pensei e decidi aceitar. Na época eu era noiva de outro rapaz que não era o papai e estava me preparando para casar, vendo algumas casas, financiamento, etc...

Comecei nessa agência com a cara e a coragem, pois nunca tinha trabalhado em um escritório e a realidade era outra, mas aos poucos fui me adaptando.
A agência era divida em vários departamentos e em um deles trabalhava um rapaz que eu achava bonito, mas muito metido, dava muitas ordens e falava alto....as referências segundo a pessoa que me passou não era das melhores porém hoje eu entendo que ela só queria fazer intriga.

O trabalho era gostoso e as pessoas bem divertidas, mas eu continuava com o pé atrás com esse tal rapaz, rsrs...., mas acabamos nos aproximando um pouco mais, pois ele me pedia para fazer algumas coisas relacionadas ao trabalho. Às vezes almoçávamos juntos e conversamos sobre nossos relacionamentos e sobre outras coisas também.
Um dia a mamãe resolveu cortar o cabelo em um salão ao lado de um restaurante onde todos da agência almoçavam como era ao lado preferi cortar o cabelo antes de almoçar é claro. Lá foi a mamãe cortar as madeixas, repiquei, passei um produto bem cheiroso, mas nunca secava o cabelo, então fui para o restaurante com ele molhado mesmo, quando cheguei lógico que todos perguntavam onde eu fui para estar com o cabelo molhado e eu apenas ri. Quando passei por esse rapaz ele disse que tinha ficado bonito e que eu estava cheirosa... eu agradeci e toda sem graça sentei para almoçar. Acho que foi nesse dia que senti alguma coisa diferente de amizade!!!!
Com o tempo fomos ficando amigos e cada vez mais contávamos as nossas frustrações com as pessoas com quem namorávamos, pois essas duas pessoas eram muito ciumentas... e como!!!!

Depois de um tempo ele me contou que terminou com a namorada dele e um tempo depois foi a minha vez, não deu certo com meu esse ex-noivo!!! Foi difícil mais superamos essa fase.

Esse tal rapaz estava precisando de uma assistente, pois a pessoa que trabalhava com ele pediu demissão, foi então que ele me convidou para trabalhar no departamento dele, ou seja, ele seria meu chefe...meu Deus, rsrsrs.... Eu o achava uma boa pessoa, porém sem paciência para ensinar, pedi um tempo para pensar. Analisei, analisei e decidi que não aceitaria, mas agora teria que contar para ele a minha decisão e achei tão difícil fazer isso!!!!

Fugindo rapidamente desse assunto, antes gostaria de contar um fato engraçado que aconteceu conosco. Eu era responsável pelos aniversários do mês na agência e sempre pedia para o aniversariante do dia escolher o seu bolo, mas com esse tal rapaz foi diferente...ele estava ocupado demais e pediu que eu escolhesse seu bolo, que responsabilidade a minha heim?!!!! A mamãe pensou, pensou e percebeu que todo mundo só pedia bolo de chocolate, então decidi que agora seria diferente escolheria um bolo branco com muito recheio e cobertura de coco. Na hora do parabéns quase sai correndo quando ele me falou que detestava coco....na hora fiquei tensa, mas depois comecei a rir ele mesmo comeu um pedacinho de nada, pois todo bolo tinha o bendito do coco.

Voltando para a missão de contar que eu não aceitaria o cargo!!!! Bem, como disse era difícil contar, pois achava ele uma pessoa muito legal. Fui com a cara e a coragem contar sobre minha decisão, entrei na sala dele e falei que não iria aceitar, pois pensei e vi que não daria certo, pronto estava decidido!!! E a reação dele foi ótima, pois ele falou que tudo estava bem, e isso me tranqüilizou. Quando já estava saindo da sala ele me chamou e pediu um abraço e pediu que isso não atrapalhasse nossa amizade e eu voltei, quando o abracei senti uma sensação diferente e foi ai que a mamãe sem nunca ter se declarado primeiro para nenhum menino na vida, rsrsrs....falei sem nem pensar que iria embora antes que o beijasse! Ficamos os dois sem saber o que fazer eu quase me atirei pela janela e ele ficou me olhando com um sorriso de surpresa, acho que a minha vergonha foi tanta que só queria sair da sala dele e foi o que fiz. Sentei na minha mesa acho que branca como cera, mas com uma alegria que não sabia explicar, não dei um minuto meu ramal interno tocou e eu já imaginava quem era, e acertei era ele na maior cara de pau perguntando se eu faria alguma coisa depois do expediente e a mamãe toda difícil que era, pensou, hum...e respondeu: Não farei nada! Pronto.... foi o começo de uma linda história de amor. Naquele dia o papai e eu nos beijamos pela primeira vez e nunca mais paramos, rsrsrs....

Decidimos não contar para ninguém da agência ainda, ou melhor, eu não queria contar, pois em compensação seu Pai já queria falar para todo mundo. Fomos falando aos poucos, primeiro para nossos pais e depois para o pessoal do trabalho.
Ah, ia me esquecendo, antes de assumir para todo mundo que estávamos namorando a mamãe pediu ao papai que cortasse o cabelo e assim eu deixaria ele contar para todo mundo da agência, foi o que ele fez, na hora do almoço cortou o cabelo e ficou mais bonito do que antes, pois seu pai tinha o cabelo grande como de um roqueiro...você vai ver as fotos um dia.

O tempo foi passando, passando.....e vimos que realmente daria certo, então compramos o apartamento e começamos uma nova fase de nossas vidas até que “você” a pessoa mais importante de nossas vidas chegou!!!!
E essa é só uma parte da história da mamãe e do papai que se amam e se respeitam até hoje e que sonham em ficar velhinhos até o fim da vida!!!!

Mamãe

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Inspiração

Não sei se pela correria desta semana que terminou hoje (escrevo isto numa sexta-feira), mas que coisa maluca Millena!

No escritório naquela época,um turbilhão de jobs, insano para ser mais preciso.
Seu tio Pedrinho, de férias e o trabalho a milhão!!! Filme institucional sendo produzido, campanha nova pra colocar no ar, merchan em rádio, aff..

Você ainda tem certeza que vai querer ser publicitária?

Pra ajudar, as aulas do MBA do Papai voltaram (que saco!), quintas e sextas-feiras sem vida social, comendo aqueles lanchinhos de padaria e bolos que me davam enjôo só de olhar, de tão doces – até porque eu também estava grávido, né?
Isso sem contar que chagava aqui em casa, ou melhor - quem sabe quando você estiver lendo - na nossa antiga casa, 11, 11 e meia da noite e para ajudar...descobri ontem, as aulas irão até março de 2012.

Vendo pelo lado bom, você terá um Pai, Mestre, que até aula em faculdade poderá dar, é mole?

Até por isso, fiquei meio ausente dos textinhos para o blog/livro, mas vou recuperar a minha inspiração, após um final de semana de descanso de compras finais para a decoração de seu quartinho, é, compramos tudo naquele final de semana, inclusive uma TV nova para o quarto da Mamãe e do Papai, pois conseguimos nos desfazer do trambolhão que era aquela Philco de 29” que estava no seu quarto...

Então ficamos assim Mi, assim que a inspiração voltar, a tivermos novidades com a decoração do seu quartinho, eu volto com os textos, tá bom?

Só não se esqueça, amamos você!

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

23 semanas

Parabéns minha princesa!
Hoje você completou mais uma semana de vida!
Agora já são 23, tá velhinha hein??
Ah, não podia esquecer, hoje enquanto eu escrevia este post, você estava chutando a mamãe, detalhe, chutes que até a barriga tremia!
Agora, além de sentir você chutando, vemos o barrigão da Mamãe tremendo com os chutões!
Depois vou te contar uma história da primeira vez que você me chutou depois de conversarmos...
Amamos você, viu?

domingo, 16 de janeiro de 2011

Os 4 primeiros chutes!

Oi princesinha!

Você se lembra da historinha que você leu antes, quando o Papai contou quando você deu os primeiros chutes na Mamãe? Lembra também da minha decepção porque só a mamãe sentia você e o Papai não, lembra também que eu já estava contando seus chutes, pois é...

Então, você me chutou minha lindona, que chutão! E como se não fosse bastante um, foram quatro chutes de uma vez só!

É sensacional, escrevo e lembro da sensação dos seus pezinhos encostando na minha mão, que delícia!!!!

Foi num domingo, mais precisamente, dia 9 de janeiro, eu e a Mamãe já estávamos deitados e de repente, ela sem falar nada, pegou a minha mão e a colocou sobre a sua barriga, quando senti, duas batidinhas na minha mão, aí que me dei conta, era você minha lindona!!! Nem deu tempo de comemorar e você já deu mais dois chutões na mão do Papai.

Que delícia, o nosso primeiro contato, o que era antes sons, e beijos no barrigão da mamãe, agora virou toque, ações e reações, nós já podemos nos tocar, minha bebezona!

Isto só faz aumentar a nossa ansiedade de ter você aqui, do lado de fora do barrigão, na sua segunda casinha, que o Papai e a Mamãe estão preparando, com tanto amor pra você!

Vem logo hein?!!?

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Minhas princesas

Hoje, ou melhor, no dia em que escrevi isto, era uma quinta-feira, dia em que você completou 22 semanas de vida, e a mamãe, completou 5 meses e meio de gravidez, agora, faltam 3 meses e meio para você estar aqui, na sua nova casinha!

Aí, me deu saudade, liguei para sua Mamãe, umas 3 vezes, isto porque ainda eram 3 horas da tarde...saudade, vontade de conversar, saber como você e ela estavam.

Então, resolvi começar a escrever para você, aliás, para vocês, na verdade nem queria sair do lado de vocês duas, do seu e da mamãe, estes dias, quando deixo sua mãe no trabalho e venho para o meu, venho com uma dorzinha no coração...queria estar em casa, com vocês.

Mas veja o lado bom, Mi. O final de semana está chegando, vamos ficar nós três, passeando, procurando coisinhas para decorar seu quarto - graças a DEUS, já estamos nesta fase - passando creminhos no barrigão da mamãe e o Papai, sentindo seus chutinhos, quer dizer, chutões, nossa, com os primeiros, já são 5 até agora, ê minha são-paulina linda, se você tivesse uns aninhos a mais já hein? Com a escassez de centroavantes no nosso time, já tínhamos a solução, né?

Era isso, só mais um textinho, básico, para eu me sentir melhor durante o dia e ter motivo para terminar tudo o que tenho pra fazer aqui no escritório, o mais rápido possível e ir até aí, pegar vocês duas!

Amo vocês viu?

Minhas princesas!

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Minha Filha!

A reação no primeiro momento foi chocante, pois estava pensando que você fosse um menino, mas ainda bem que a mamãe errou!!!

Deus é tão inteligente e sabe tão bem o que faz, pois transforma toda preocupação em alívio e esperança.

Estava preocupada quando soube que você era menina....meu Deus e agora como vamos criar uma menina?
Tenho medo dos meninos que possam se aproximar, já até imaginei você adulta, coisa de mãe, um dia você vai entender.

Foi então que Deus foi me dando entendimento e me fez entender que cuidar de menino ou menina é a mesma coisa, as mesmas preocupações, o mesmo cuidado e que depende somente da amizade e do carinho que damos para nossos filhos, isso sim faz a diferença!!!
Seu pai foi muito importante também, pois me acalmou...me fez perceber que com amor tudo dá certo!!!

Agradeço muito a Deus por você estar na barriga da mamãe, agradeço sua saúde que é o mais importante para mim e sei que você é e será sempre a alegria da nossa casa.

Saiba que você é a nossa princesinha e que sempre estaremos ao seu lado para te apoiar em todas as suas decisões.

Te amo filha, tanto, tanto que não consigo nem mais escrever, pois choro de alegria toda vez que penso em você e agora estou no trabalho... já pensou no que o gerente da mamãe vai pensar, rsrsrs...?!!!

Mamãe.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Oi Millena!

É isto mesmo princesona, lembra que eu falei que não iríamos demorar muito pra escolher seu nome? Então, tá decidido.
Eu e a Mamãe estávamos entre 3 nomes, os três lindos, eram eles: Manuella, Júlia e Lorena, aí escolhemos....Millena, isto mesmo, muito mais lindo que os outros três, não acha?
Seja bem-vinda, Millena Morelli, nossa princesona, amada!!!!
E para comemorar, como você sabe, o Papai e a Mamãe, como são inquietos, querem tudo na hora, com a ajuda das vovós Cecília e Ivonete, compramos a sua cama, é isso mesmo, esta cama onde provavelmente você dorme hoje, quando lê estas histórias, é a cama que o Papai e a Mamãe com certeza, trocarão pela deles só para dormir no quarto com você, ficar admirando seu sono de princesinha, pois é, compramos hoje, aí não aguentei, fiz até um layout do quarto, hoje mesmo.
Desculpem-me os arquitetos, Téta, Zizo, mas foi o melhor que pude fazer, pois já desaprendi tudo das minhas aulas de AutoCAD, mas acho que ficou até mais artístico, não achou Mi?
Viu Millena, logo que você chegou, como todo bebê, dormia em um bercinho, mais um dos presentes dos queridos Tio Renato, tia Luciana e do Matheus.
Fizemos duas opções, qual você prefere?
Quarto 1


Quarto 2

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Promessa é dívida

Taí, a foto da mamãe que prometi.
Imagina como não vai ser a Lorena, Giovanna, Júlia (ou Giulia), Giulianna, Manuella...
Linda não é mesmo?

É uma princesinha!!!!

Oi Bebezão, ops, desculpe, é o hábito!
Oi BEBEZONA!
Hoje descobrimos que você é, uma princesona, linda como a Mamãe (a noite vou publicar uma foto da mamãe pequena pra você ver como ela já era linda, desde pequenininha) e que já é muito, muito amada por todos nós!
Prometemos que em poucos dias escolheremos o seu nome (já temos algumas idéias, acho que você vai gostar), mas seria legal se você pudesse nos ajudar!
Seja bem vinda, princesona!!!!

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

É Amanhã!

Esta é a maravilha do mundo moderno, internet, blogs, redes sociais, rsrsrsrs.

Não sei se caberá escrever no livro este texto (pois sei que isto vai virar um livro), mas como por enquanto isto é um blog e a nossa ansiedade não me deixa quieto, tenho que escrever para compartilhá-la com vocês!

Já separamos o DVD, a máquina fotográfica para filmar (é não temos filmadora, então, filmaremos com a nossa Samsung mesmo, hahahaha) .
Amanhã, faremos o Ultrassom Morfológico do 2º trimestre, este US e só para constatar que sua saúde está mais do que perfeita, sua formação também, assim como seus órgãos internos, e suas medidinhas todas certas, se é que podemos falar medidinhas depois de ver o tamanho do barrigão da Mamãe (parece que engoliu uma melancia, já ganha de mim, ó, faz tempo....), graças à DEUS, sei que está tudo certo, sua avó Cecília já falou também, tá tudo certo!

Sendo assim, só nos resta pensar em uma coisa: SEXO!

Queremos comprar suas roupas, pintar seu quarto, te chamar pelo nome!

É, em primeira mão, você já tem nome, pelo menos se você for um meninão, (importante: se puxar o Papai, você vai ser lindão hein, meu?!) já está escolhido, mas só divulgaremos depois, a mamãe já até fez o texto, é mole?

Agora, se você for uma princesinha (e aí, vai ser linda, como a Mamãe), aff, mais dúvida, mas já temos um norte, garanto que sairemos de lá com o nome escolhido também!

Bom, vamos torcer para que amanhã você esteja com as perninhas bem abertas e que no sábado, no aniversário da sua avó Cecília, a gente possa ter mais uma razão para comemorar, aliás, que redundância, são cinco meses que só temos o que comemorar e agradecer, não é mesmo?

21 semanas

Parabéns Bebezão!
Hoje você já fez 21 semanas de vida!!!!!
DEUS te abençoe!
Papai.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Sua Música

De tanto ler as experiências das outras mamães fiquei impressionada em saber que um ser tão pequeno, mas tão especial já podia sentir a respiração da mãe com apenas 20 semanas de vida e que também reconhecia a voz e a música que a mamãe cantasse, foi então que eu pensei em qual musica eu cantaria para você. E logo veio no meu coração uma música que a mamãe nunca cantou para ninguém, ou melhor, só em frente da TV acompanhando alguns cantores, rsrsrs...

Ficou tão linda e especial quando canto para você!!!

Não sei se a primeira vez que a mamãe cantou você conseguiu ouvir, pois foi bem no começo da sua gestação, mas mesmo assim não parei de cantar.

Quando escutei pela primeira vez essa música foi com um cantor muito conhecido no mundo inteiro e eu ainda era uma criança, mas já gostei da letra, o nome dele é Roberto Carlos mais conhecido como o “Rei Roberto Carlos”.
Pesquisei e encontrei a letra e o vídeo da música composta por ele e pelo amigão dele, Erasmo Carlos.
Essa música traduz o amor que a mamãe sente por você desde que eu apenas sonhava em ter alguém tão especial como você ao meu lado.
Ainda bem que esse sonho foi realizado com uma pessoa tão especial como seu papai....ele é meu companheiro, meu amigo e meu amor. Tenho a sorte de Deus ter colocado o papai em minha vida, alguém com quem posso dividir meus sonhos...e agora curtir “você” que está chegando!!!

E NUNCA SE ESQUEÇA, NEM UM SEGUNDO QUE EU TENHO AMOR MAIOR DO MUNDO!!!!

Como é Grande o Meu Amor Por Você

Roberto Carlos
Composição: Erasmo Carlos / Roberto Carlos




Eu tenho tanto pra lhe falar
Mas com palavras não sei dizer
Como é grande o meu amor por você
E não há nada pra comparar
Para poder lhe explicar
Como é grande o meu amor por você
Nem mesmo o céu nem as estrelas
Nem mesmo o mar e o infinito
Não é maior que o meu amor
Nem mais bonito
Me desespero a procurar
Alguma forma de lhe falar
Como é grande o meu amor por você
Nunca se esqueça, nem um segundo
Que eu tenho o amor maior do mundo
Como é grande o meu amor por você [2x]
Mas como é grande o meu amor por você

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

O Susto, a Risada!

Nossa Bebezão! Que susto!
E eu que me orgulhava e ainda me orgulho, da Mamãe ter tido uma gravidez sem sustos, sem hospitais... “nuossa”, agora dá até vontade de rir, aliás, estou escrevendo e rindo, ainda bem, graças a Deus, a Nossa Senhora das Graças e ao Dr. Bezerra de Menezes (como pedi pra eles!)
Mas vamos a história:
Era por volta das 9 horas da manhã, mais um dia normal de trabalho, deixei sua mãe no escritório e fui trabalhar.
Primeira coisa estranha, a mamãe me ligou no telefone fixo, não me chamou no rádio, a voz dela já estava meio diferente, pelo “alô”, já comecei a desligar meu computador, a recolher as minhas coisas da mesa, quando ela falou que estava passando mal, de novo – é Bebezão, de novo, em uma semana, foram três crises destas de pressão baixa, com um detalhe, as duas últimas, em dois dias seguidos – ah, desliguei o telefone de pé, com minha mochila nas costas.
Só eu e Deus, sabemos como eu dirigi nesta Ayrton Senna, com os faróis altos acessos, o pisca alerta ligado, cortava os carros pelo meio fio, como as motos sabe?
Acho que dirigi uns 25 km em menos de 10 minutos!
Mas foi só até chegar à ponte do Tatuapé, putz, tudo parado! Não adiantava buzinar, acelerar, nada, ninguém saia da frente.
Eis que olho pro lado e vejo, uma viatura do corpo de bombeiros, um Santanão, vermelho, tipo os modelos 2003 (sei por que o nosso tio Buco tinha um desses), ah, não pensei duas vezes, colei do lado deles, abaixei o vidro, e falei:
“Minha esposa está grávida, me ligou que não está passando bem, estou indo buscá-la pra levar no pronto-socorro – por favor, abram o trânsito pra mim!”
Olha Bebezão, não quero passar por isso de novo, mas se eu não estivesse tão preocupado com você e com a mamãe, teria sido genial, imagina? A viatura abrindo caminho no trânsito, sirenes piscando e o papai lá, atrás dos caras pra pegar vocês.

Chegamos rapidinho no escritório da mamãe, quando entramos na avenida liguei pra ela:
Eu: “Oi Dri, onde você está?”
Mamãe: “Tô aqui em cima, você já chegou?”
Eu: "Chegamos”
Mamãe: “Como assim? chegamos?”
Eu: “É, eu parei uma viatura dos bombeiros...”
Mamãe: “Ai Rodrigo, eu não acredito que você está aqui com bombeiro”
Eu:
(é isto mesmo, silêncio, nem falei nada, o que eu iria falar? Se precisasse, eu chegava lá com 82 viaturas – Sou exagerado mesmo, você sabe né Bebezão)

Enfim, ela desceu e os dois bombeiros abençoados, foram embora, então levei a Mamãe, mais devagar do que fui buscá-la, até o pronto socorro.
Mesmo assim, eu ainda estava tenso, a Mamãe também, preocupada, mas parece que nenhum dos dois queria mostrar sabe? Para um não deixar o outro mais nervoso.
Chegamos ao pronto socorro, deixei a Mamãe na porta e fui estacionar o carro (detalhe, foram quatro reais, nem eu nem a Mamãe tínhamos dinheiro, o estacionamento não tinha maquininha de VISA, aí, dei um cheque... (talvez quando você ler eu precise te explicar o que é cheque – hoje quase não usamos mais, imagina daqui uns 4, 5 anos) de 10 reais, aí ele deu troco, hahahahahaha.

Mas antes disso...

Deixei o carro e fui ver a Mamãe, ela estava lá, sentada, com a senha na mão, aguardando... Eu não acredito, estamos grávidos, não pegamos mais fila, não penamos mais pra para o carro no shopping, aí ela passando mal, fica esperando a vez dela...só a Mamãe viu?
Peguei a senha, fui lá falar pro cara:
“Olha, ela está grávida, não passou muito bem, piriri, pororó...”
Pronto, passou na frente...e não adiantou nada (hahahahaha) mandou a gente lá pra cima, no outro PS, só das Mamães grávidas, sabe?
Aí não tem jeito, não tem atendimento preferencial, estão todas grávidas, né?
Esperamos nossa vez, tensos, mas esperamos.
Fomos atendidos super bem, quando entramos na sala do Doutor, ele fez as perguntinhas de rotina pra Mamãe, ela falou do mal estar que havia sentido e ele disse:
“Mãe, o que causa este mal estar é a posição do bebê no seu barrigão (barrigão eu que falei, rsrsrs), se o seu Bebê, no caso você, não mudar de posição, você vai sentir isto a gravidez inteira”.
Ele nos explicou que possuímos uma artéria, que não me lembro o nome agora, mas vou pesquisar para deixar nossa história bem detalhada, que atravessa nosso corpo inteiro, pela vertical, do lado direito, e como você bebezão, se mexe muito, nestas mexidas, você pode ficar sobre a artéria, e ela pode se comprimir, reduzindo assim os níveis de sangue, para você e para a Mamãe. Daí a queda de pressão, o mal estar e a ânsia de vômito que a Mamãe sentiu.
Mas a natureza é mesmo sábia não é mesmo? Quando a Mamãe sentia este mal estar, você se mexia muito, muito, e isto nos preocupou bastante, mas sabe por que você se mexia assim? Exatamente para poder sair do lugar, sair de cima da artéria comprimida!
É, meu Bebezão inteligente!

O Doutor Não Me Lembro o Nome, deitou a Mamãe na cama, com o barrigão pra cima e mostrou como o Papai deve fazer quando ela se sentir assim de novo.
Nuossa” 2! Eu, todo cuidadoso com o Barrigão quando vou passar os creminhos né? Ele apertou todo o lado direito do Barrigão, parecia até que o dividiu no meio e te colocou todo do lado esquerdo, muito engraçado, mas fiquei aflito, confesso.
Depois examinou, colocou o microfone, alto-falante, sei lá como chama aquele aparelhinho e conseguimos ouvir o seu coraçãozinho, ou melhor, coraçãozão, como bate! Deus te abençoe!

Então pudemos voltar ao trabalho, tranqüilos, ao saber que vocês dois, estavam bem, se bem que, na verdade, acho que ele ficou mais preocupado com o Papai do que com a Mamãe, pois na hora em que nos despedimos dele, ele falou:
“Ah, agora sim voltou à cor dele (no caso, eu), quando vocês entraram aqui, ele estava branco”.

Pois é, e graças a Deus, voltamos para o trabalho, após uma manhã diferente, de susto, mas que terminou em muitas risadas.

Vai ter textão, sim!

Olhar suas fotos pequenina em nosso colo, com aquele rostinho, não menos puro que o de agora, mas com traços de bebê, contrastam demais com...