quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Como passa depressa!

Parece até meio clichê (quer dizer, meio clichê não – ou é, ou não é – sendo assim, vou começar de novo.)
Minhas duas amadas
Parece clichê, mas é verdade, o tempo voa!

A cada dia que passa temos mais responsabilidades, mais atribuições, seja em nossa casa, em nossa vida pessoal, como os estudos, por exemplo, e principalmente, no trabalho.

A pressão é grande, a exigência pessoal em se fazer tudo sempre certo e com resultados, demanda tempo, sim, estou falando do relógio mesmo! 
 

Minha pequena
Tomo por base, ontem, cheguei em casa com a cabeça a mil, pensando no trabalho, em várias coisas, enfim.

Mas só a festa que ganhei quando entrei no apartamento, apaga todo problema, toda a falta de grana e me transforma no Pai mais feliz do mundo!
E é disso que estou falando, do tempo em apreciar você, seu crescimento. E como passa muito rápido!!!!!

Você leu no último post que você já dá tchau, pois é, isto por que nem estou considerando que você já anda pela casa em seu andador.

E escrevo tudo isso para falar que nem havia me dado conta, mas hoje, 28 de dezembro, faz exatamente um ano que comecei a escrever para você filha, lembra do primeiro texto?
(Oi Bebê) Um ano que já vivemos intensamente esta loucura que é ser pai e no caso da mamãe, mãe  – óbvio.
Um ano de emoções a flor da pele (mais um clichê, né?) e que passou como um foguete por nós.

Uma das minhas fotos preferidas
Acredito que este será o meu último post de 2011, espero que no ano que vem eu possa ser mais regrado e possa viver mais ainda e registrar, não em fotos, mas em minha memória, todos os nossos momentos juntos!


Até o próximo post, em 2012, ok?


Feliz ano novo, filha!!!!!

Tchau!

Calma, não estou abandonando o blog não!

O título deste post é só para marcar os primeiros ensaios que você faz agora com a sua mãozinha, filha.

Você já dá tchau!!!!

É tchau pra mim, tchau pra mamãe, tchau para as suas bonequinhas, até os adesivinhos da parede do seu quarto já ganharam e tiveram a chance de ver a coisa fofa que é esta mãozinha gordinha, virando, para lá e pra cá quando falamos tchau!

Como ainda não flagrei nenhuma cena sua dando tchau para nenhum de nós, fica aqui uma fotinho que também cabe neste título.

Yes!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Olá Mônica. Ops! Millena.

É que você já tem dois dentinhos, filha, tá certo que nem tão grandes e não são na parte de cima da gengiva como os da filha do Maurício (o de Souza), mas já tem, minha dentucinha!!!

Mas o post de hoje não é para falar dos seus dentões ou dentinhos, mas sim para lhe dar o sétimo parabéns, calma, você não está tão velha assim, é que ontem você completou seu sétimo mês de vida fora do barrigão filha e na festa de ontem, muitos bombons, coca-cola e um floresta negra pra você se lambuzar inteira!


São sete meses que nossa vida tem um novo sentido filha, 7 meses de uma alegria que eu nunca havia provado antes, 7 meses de aprendizado, afinal de contas, com você a cada dia, aprendemos algo novo. São 7 meses que me sinto mais novo, com forças renovadas.


Não sei se já escrevi isto aqui ou se já te falei isto, mas enquanto eu viver e tiver forças, comemorarei seu mesniversário, prometo não ser um frisson de “pai fresco”, viu?

E para comemorar, resolvi colocar aqui um clipe de uma banda que é bem legal e garanto, você vai curtir e ouvir muito comigo ainda!



Parabéns filhota!

Amo você!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Tempo, tempo, tempo...

Já faz um tempo que eu não escrevia para você, não é mesmo?

Talvez por estarmos vivendo dias intensos que mesmo às vezes, quando tenho alguns “insigths”, não consigo me concentrar e escrever.
O texto hoje é curto, assim como o meu tempo, sucinto e acho até, que....repetitivo.

Peguei-me olhando umas fotinhos e um vídeo, com uma gargalhada sua em meu celular.

Pena não poder baixá-lo aqui, mas prometo que assim que eu tiver um tempinho, coloco um vídeo de uma risada sua aqui no blog.

Você está crescendo filha, com peso e altura de um bebê de 9 meses, (como faz tempo que escrevi este texto, deve estar até maior do que isso) você já levanta e senta sozinha no seu carrinho, como que fazendo uma abdominal, é fantástico de ver e quando lhe colocamos na cama, você gira um 360º, tudo sozinha.

Isto sem falar que quando você se esforça, já quase que consegue ir, se arrastando, como uma soldadinha atrás, principalmente, do controle remoto da TV.


Garanto que em menos de um mês, já vai engatinhar e fazer seu pai babão, ficar mais babão ainda.

Pois é, o texto, que no princípio seria curto, acabou nem ficando tão curto assim, serviu mesmo para eu dar uma pausa e lembrar da minha pequena grande paixão.

Minha Millena!!!!

Vai ter textão, sim!

Olhar suas fotos pequenina em nosso colo, com aquele rostinho, não menos puro que o de agora, mas com traços de bebê, contrastam demais com...