quinta-feira, 23 de junho de 2011

Perdi o lugar

A mamãe já falava, aos finais de semana eu já via. É Mi, perdi meu lugar!

Você adora a cama do Papai, até xixi no meu lado da cama você já fez!!

Mi, ontem você dormiu a noite inteira, um sono de princesa, e o papai, morrendo de saudade de você, após você acordar tratou de ficar bem juntinho de você, aproveitar para trocar suas fraldas e ficar namorando você enquanto tomávamos nosso café da manhã.

Mas voltando ao assunto da cama...logo apos o almoço nós 3 resolvemos dar um cochilinho, é, nós 3, que coisa fantástica Mi, eu, a mamãe e você juntinhos na cama.

No final da tarde a Mamãe acordou e nem vi, mas a hora que olho pro lado, que cena linda, você, dormindo no travesseiro do Papai, parecendo flutuar na cama, um verdadeiro anjinho, e não adianta nem colocar o travesseiro no seu berço pra tentar te enganar, pois o seu negócio é mesmo nossa cama, rsrs.

Pois é minha princesa, ainda bem que tem mais uma cama no seu quarto, então a gente troca, tá bom?

Porque por enquanto, eu perdi mesmo meu lugar!

Hummm...

A Millena dormiu a noite toda hoje.

Não vai poder ler isso quando crescer.

Entendam como quiser.

sábado, 18 de junho de 2011

Pai, começa o começo.

Fazia tempo que o Papai não escrevia pra você não é mesmo?

Pois é, as férias acabaram as aulas continuam e com elas, os dias de acordar cedo, dormir tarde, ou dormir de “picadinho”, com os seus lindos chorinhos de fome no meio da madrugada, também!

Nisto tudo o tempo acaba passando muito, mas muito rápido mesmo, hoje quando escrevo já são 33 dias de sua vida fora do barrigão, genial não?

E olha só o que o Papai e a Mamãe fizeram, cantaram seu primeiro parabéns a você, com direito a bolo artesanal, velinhas e camisa do São Paulo!


Como a mamãe me disse, você é uma benção de Deus, imagina, nossa filha comemorando 1 mês de vida! Mas fique tranqüila pois este foi só o primeiro mês de outros muitos aniversários que, com certeza, comemoraremos juntos!

Hoje recebi um e-mail do meu professor, com um texto, pelo que vi, de um autor desconhecido, é longo, mas que achei uma bela reflexão e gostaria de ler para você, por isso, o reproduzo aqui

“Quando eu era criança e pegava uma tangerina para descascar, corria para meu pai e pedia: - “pai, começa o começo!”.

O que eu queria era que ele fizesse o primeiro rasgo na casca, o mais difícil e resistente para as minhas pequenas mãos.

Depois, sorridente, ele sempre acabava descascando toda a fruta para mim. Mas, outras vezes, eu mesmo tirava o restante da casca a partir daquele primeiro rasgo providencial que ele havia feito.

Meu pai faleceu há muito tempo (e há anos, muitos, aliás) não sou mais criança.

Mesmo assim, sinto grande desejo de tê-lo ainda ao meu lado para, pelo menos, “começar o começo” de tantas cascas duras que encontro pelo caminho.

Hoje, minhas “tangerinas” são outras.

Preciso “descascar” as dificuldades do trabalho, os obstáculos dos relacionamentos com amigos, os problemas no núcleo familiar, o esforço diário que é a construção do casamento, os retoques e pinceladas de sabedoria na imensa arte de viabilizar filhos realizados e felizes, ou então, o enfrentamento sempre tão difícil de doenças, perdas, traumas, separações, mortes, dificuldades financeiras e, até mesmo, as dúvidas e conflitos que
nos afligem diante de decisões e desafios.

Em certas ocasiões, minhas tangerinas transformam-se em enormes abacaxis......

Lembro-me, então, que a segurança de ser atendido pelo papai quando lhe pedia para “começar o começo” era o que me dava a certeza que conseguiria chegar até ao último pedacinho da casca e saborear a fruta.

O carinho e a atenção que eu recebia do meu pai me levaram a pedir ajuda a Deus, meu Pai do Céu, que nunca morre e sempre está ao meu lado.

Meu pai terreno me ensinou que Deus, o Pai do Céu, é eterno e que Seu amor é a garantia das nossas vitórias.

Quando a vida parecer muito grossa e difícil, como a casca de uma tangerina para as
mãos frágeis de uma criança, lembre-se de pedir a Deus:

“Pai, começa o começo!”.
Ele não só “começará o começo”, mas resolverá toda a situação para você.

Não sei que tipo de dificuldade eu e você encontraremos pela frente. Sei apenas que vou me garantir no Amor Eterno de Deus para pedir, sempre que for preciso: “Pai, começa o começo!”.

Mi, nem pensei em me colocar no lugar do papai do Céu, imagina só, mas me coloquei sim, no lugar do pai que sempre, sempre que você precisar, ou até mesmo quando nem imaginar em me chamar, já estarei aí, ao seu lado, para Começar o começo para você.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

So Much to Say

Mi, após 25 dias juntinho de você e da Mamãe, minhas férias acabaram.

Sim, é muito legal ficar em casa, ainda mais nestas circunstâncias, mas é muito importante para qualquer pessoa ter o seu trabalho e agradeço, todos os dias poder ter um lugar para ir toda manhã, quando você tiver seus compromissos, desde a escolinha, até o seu trabalho (ainda mais se for algo que você goste, como é o meu caso), entenderá.

Hoje, desde o seu nascimento, é o primeiro dia que passarei tanto tempo longe de você e da Mamãe e até pela falta de hábito e com medo de interromper o seu sono de princesa, antes de sair para o trabalho eu deixei de lhe dar um beijo ou, mesmo de longe, lhe apreciar dormindo por alguns instantes. Acredite ou não, escrevo me punindo, por não ter feito isto, prometo que este foi o primeiro e será o último dia que isto acontecera e mesmo tendo passado toda a manhã recebendo parabéns pela sua chegada, contando com o peito estufado aos colegas de trabalho sobre os detalhes de sua chegada e me enchendo de orgulho quando lhe elogiavam e me falavam aquilo que eu já sabia, que você é linda! Faltava algo.

Faltava, até chegar este e-mail:


De: Adriana Maria Erculano
Enviada em: quarta-feira, 8 de junho de 2011 13:59
Para: Rodrigo Morelli
Assunto: Saudades Papai!
Oi papai!!!!

Como foi seu retorno ao trabalho, tudo bem?

 Já estamos morrendo de saudades, então a mamãe e eu resolvemos mandar essas fotos que tiramos hoje. Um sorriso de saudade para você e meu café da manhã na tetinha da mamãe...detalhe... ouvindo um especial do Dave Matthews que passou no Multishow, rsrsrs.... 
Amamos você papai e você faz muita falta para nós duas. 
Beijos
Dri e Mi

Pois é, minha princesa, meu retorno ao trabalho não poderia ter sido melhor.
Voltar ao trabalho, só para receber este e-mail.

Como vocês são lindas! Amo vocês!
Detalhe para o bom gosto musical, da mamãe e da filhona.

Muito bem, vamos nos libertar de axés, pagodes e restarts, ufa, ufa!
Quem já passou 9 meses no barrigão ouvindo ACDC, Mettalica e outros, hoje já mama ao som de Dave Matthews Band!


segunda-feira, 6 de junho de 2011

Rogo por Ti, Millena.

Meu orixá, Xangô, e sou um devoto de Nossa Senhora das Graças, confuso?
Meu tio me falou uma vez que todos temos uma formação católica, pois vivemos em um país onde ainda é esta a principal religião praticada e é comum termos influências de uma ou outra crença religiosa, principalmente enquanto somos mais novos.


Mas há alguns anos que isto vem mudando e disso tudo, sabe o que eu acho?
Existem sim, diversos caminhos que levam à DEUS, é Ele quem importa, pois a religião está no coração de cada um de nós, em nossos atos do dia e dia e tal e coisa.
Não sou católico, espírita nem evangélico, sou uma pessoa muito bem resolvida com minha religiosidade, e porque falo isso?

Desde que soube que a mamãe estava grávida sempre pedi muito ao Dr. Bezerra da Menezes, sim, sua VóDoidona me ensinou a pedir a ele e aos pediatras do espaço sempre abençoassem você e a gestação da Mamãe. Então, todas as noites, durante os seus nove meses no barrigão eu fazia isso, além de pedir à Nª Srª das Graças, rezando sempre uma Ave-Maria enquanto eu passava os creminhos no barrigão da Mamãe.
E graças a DEUS, não poderíamos ter tido gravidez mais tranquila, foram deliciosos 9 meses de gestação e um prêmio final, maravilhoso, você, um presente de DEUS para o Papai e para a Mamãe.
E a maneira que encontrei de agradecer e homenagear tudo o que nos aconteceu até hoje, além de poder realizar até um desejo meu de adolescência (é, mas como sempre fui muito "Caxias", pensei sempre muito antes de fazer as coisas, ainda não havia realizado).

Pois é, chegou a hora certa, e em grande estilo hein?
Foi em um estúdio, indicado pelo seu tio Pedrinho, no mesmo que ele fez a dele, ao som de Pink Floyd e The Cure, depois de muitas caretas e dor, além das duas sessões de 2 horas e meia cada uma, coloquei você para sempre no meu corpo filha, pedindo sempre à Nossa Mãezinha, que ilumine seu caminho com raios luminosos e lhe cubra e proteja com seu manto sagrado, rogando sempre por Ti, minha Filha!

domingo, 5 de junho de 2011

Nossa, que aula chata.

Era uma sexta-feira, dia 27 de maio, mas bem que poderia ser uma sexta-feira 13, estava na aula do meu MBA, tendo um laboratório sobre tributação eletrônica, aff! Em plena sexta-feira? Ainda mais sabendo que as minhas duas princesas estão sozinhas em casa? Você e a Mamãe, me esperando para comermos a pizza que prometi levar quando saísse daqui. Bom né?


Bom também saber que ontem quando fomos ao Dr. Maurício, mas vou chamá-lo de Dr. Maurrice - fica mais chique né - Mi, ele é o pediatra da sua prima Bibi, e veja que legal, também foi o pediatra do Papai, cuido de mim até os 13, 14 anos, isso sem contar que me aplicou uma anti-tetânica quando cortei meu dedo com estilete já quando trabalhava na agência do tio Pedrinho, mas isto é uma história pra outro capítulo.
é mole?  Este é mais um médico abençoado que cruza nosso caminho filha, lembro de mim doente e ao chegar, no mesmo consultório que a levo hoje, me sentir melhor só de vê-lo. Este sim é um médico que honra sua profissão.
Obrigado Doutor!

Sua primeira consulta no Dr. Maurício. 
Lembra que lhe falei que você nasceu com 3655g. e saiu do Santa Joana com aproximadamente 3300g. o que é normal? Então, logo na sua primeira consulta, você já estava com 3625g. o que é muito bom, um pouco mais de 35g. por dia!
Minha gordinha!!!!!
Ah, além disso, já cresceu 3,5cm, isto com apenas 12 dias de sua maravilhosa vida!
Minha altona!!!

Neste dia te levamos lá para que ele visse seu umbiguinho, lembra que o Papai falou que havia caído, então, mas ficou uma pelinha (que graças a DEUS, quando escrevo já era também!) que o Papai e a Mamãe terão que queimar, com um bastão de Nitrato de Prata, ô raio de bastão impossível de encontrar, depois de literalmente 8 farmácias, a sua VóDoidona que foi encontrar pra você, em uma farmácia de manipulação lá em Moema, tóca pra lá, né?


Enfim Mi, este capítulo fica por aqui, sei que pode até ter sido um pouco chato, até fora do contexto deste livro/blog, mas foi amaneira que o Papai encontrou para lembrar de você e da Mamãe, e no dia que tivemos hoje.


Mas tenho crédtido né? Afinal, mais chato que a aula que tive hoje, não deve ter sido né?

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Hora do Banho

Hoje, não bem hoje, já fazem alguns dias, mas o texto começa assim, então...

Hoje foi nosso primeiro banho sem stress, hahahaha, é, parece fácil né? ainda mais depois de assistir aos seus banhos lá na maternidade, assim, sim, mas em casa o banho se tornara uma tarefa árdua Mi. Sim, a logística, os preparativos pré ato, o medo de estar tudo, quarto e banheira em uma temperatura ideal, mobilizáva-nos e deixava a nossa adrena a 1000.

Mas hoje não, você parecia e estava, nas nuvens. Não chorou nem ranhetou - Show!
Ver este rostinho lindo, com aquela sensação de prazer dentro da banheira enquanto a Mamãe ensaboava você, foi fantástico.



E a boa notícia, foi neste dia que seu umbigo "falling down", logo que a Mamãe lhe tirou da banheira e preparou sua sessão massagem.



Quando você ia se preparar para o seu "breakfest" peguei você no colo para dar a mamãe, mas não deu tempo Mi, você adormeceu nos meus braços, com os olhinhos fechando, como se "pescando", bem devagarzinho, que cena linda, minha princesa, ah, isto não tem preço!

Tomara que chegue logo amanhã então, na hora do banho, na hora do soninho...

Papai, porque o São Paulo só Perde?

Como já deu pra notar aqui no blog, sou um São Paulino fervoroso, desde muito antes de me meter nessa de ser escritor amador. Mas nessas o...