segunda-feira, 30 de julho de 2012

Mais um destes projetos de poema!

Linda de chorar,
Assim lhe vejo, minha filha!
Choro de tanto amar.

Bochecas fofas de beijar,
Adoro fazer você dormir
Só para apreciar o seu ninar.

De seu sorriso, ao seu andar
Vendo esta foto
Tudo isso me fez lembrar. 


sexta-feira, 27 de julho de 2012

O parto...

Minha Millena Maria.

Você já deve ter lido em algum post colocado aqui há mais ou menos um ano atrás o que foi a experiência do papai na maternidade, vivenciando a expectativa de seu chegada, ou melhor, de sua saída, do barrigão da mamãe!

E como blog anda tomando algumas proporções que eu nem imaginava quando comecei a lhe escrever, fui "obrigado" a reviver estas experiências. Calma, você ainda não vai ter um irmãozinho, Papai do Céu saberá quando ele virá, não é mesmo?!?!

Mas voltando ao assunto do blog, o papai e a mamãe, foram convidados, por um grupo de estudo da USP a participar de uma pesquisa sobre o acompanhamento e a humanização do parto e olha só que bacana, o pessoal da pesquisa, nos encontrou por causa do seu blog!!!
As perguntas que respondi, fizeram eu lembrar de cada dia que eu ficava com a mamãe imaginando como seria a nossa vida a partir de sua chegada, ou saída (do barrigão), imaginava, imaginava e errei tudo, é muito melhor do que imaginei...rsrsrs. Ainda sobre a pesquisa, após as questões respondidas, pedia-se que fizéssemos um comentário sobre ela, e falasse um pouco do que foi viver a experiência do acompanhamento do parto.

 Como lhe falei no início deste texto, você já deve ter lido algo parecido, mas o que é bom e como me senti tão bem ao escrever e ao lembrar, me dou o direito de postar novamente...

Caros pesquisadores. A experiência de ser pai é algo fantástico, não só acompanhando o parto, mas o dia a dia de sua filha, as novidades que surgem a cada minuto. 

Uma nova atitude, uma nova manha, uma nova maneira de lhe olhar e de se comunicar. Hoje por exemplo, quando peço (pois é, ainda tenho que pedir - mas ela é muito carinhosa, pde fazer isso só quando quiser mesmo), a Millena corre e me abraça, a cada semana uma nova sílaba integra o seu vocabulário, ela já arrisca a cantar junto com a suas musiquinhas preferidas – garanto não serem as minhas preferidas, apesar dela curtir – e curte mesmo – ACDC, Red Hot, entre outros, mas nada que possa competir com as Galinhas Pintadinhas e os Cocoricós da vida... 

Eu costumo dizer que sou pai desde quando soubemos da gravidez da Dri, pois vivi intensamente os 9 meses de expectativa da chegada dela, pintando quarto, montando berço, etc...e tudo isso acabou virando este blog (ainda vira livro!) e saber que ele influencia pais e mães, que atinge pessoas que amam seus bebês como eu amo a minha bebezona, além de poder, de alguma maneira colaborar com qualquer melhoria, por menor que ela seja, na maneira com que os criamos e educamos - como é o objetivo desta pesquisa, é muito bacana para mim! 

Gostei bastante de participar da pesquisa e aproveito para divulgá-la aqui, no blog da Millena e poder contribuir um pouquinho mais. 

Millena Maria, agradece!

Aqui, está o link da Fan Page do grupo de pesquisa no facebook, para os pais e mães que desejarem participar, além do convite "Escolhas no Parto".


Fan Page: http://www.facebook.com/photo.php?fbid=390586637672433&set=a.213383762059389.52098.203444329719999&type=1&theater

quinta-feira, 19 de julho de 2012

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Feliz? Sou mesmo!

Acorda rindo, apontando para suas bonecas.

Entra no carro e por mais fria que a manhã esteja – as últimas desta semana tiveram uma média de 9º - não reclama e pelo contrário, começa a ensaiar e querer cantarolar as primeiras estrofes assistindo o DVD da Palavra Cantada.

Sua vódoidona fala, sua bisa me falou ainda hoje e a cada dia com você eu tenho esta certeza, pois você tem o dom de me deixar assim, feliz.

Feliz, como você é!

Vai ter textão, sim!

Olhar suas fotos pequenina em nosso colo, com aquele rostinho, não menos puro que o de agora, mas com traços de bebê, contrastam demais com...