quinta-feira, 30 de maio de 2013

terça-feira, 28 de maio de 2013

Meu papai.

Lipe, hoje a sua irmã olhou pra você e apontando pra mim, disse:

"Este é meu papai."

Me senti orgulhoso demais, mas vi o tamanho da minha responsabilidade em mostrar pra vocês dois, o quanto os amo e sem medidas diferentes para um ou outro.

Ok, daqui uns aninhos, me cobrem...vcs vão ver.

Amo vocês, papai.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Educar...

Meus amores.

Hoje li uma frase que me fez pensar (mais ainda) em vocês.

Pensar naquilo que já sei, mas que espero ter força e discernimento para ser sempre, o espelho para vocês.

Sim, o espelho, principalmente na idade em que você, Millena,  estava enquanto eu escrevia isto, seus dois aninhos é a primeira fase da descoberta (nem me faça pensar nas próximas), a fase de querer saber tudo, repetir tudo o que fazemos...ops, é isto aí, repetir o que fazemos.

Além de usar a minha camisa do São Paulo todos os dias, para que você, Millena e você Filipe, além de me acompanharem no Morumbi, possam enxergar em mim, muito mais do que um pai São Paulino.
Mas enxergarem um pai que lhes ensinou o que é viver sem desrespeitar ninguém, um pai que ensinou vocês a vencerem na vida sem infringirem regras e a conquistarem tudo por mérito próprios.



Que Deus nos abençoe e me dê forças para que eu sempre possa colocar isto em prática, para vocês se espelharem!

Papai.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Parabéns, filha.

Há exatos dois anos, eu e a mamãe estávamos a caminho da maternidade Santa Joana, não sabíamos exatamente o que seria de nossas vidas a partir dali, não sabíamos como seria o rostinho do bebê que iríamos receber e a tensão, a expectativa tomavam conta da gente...
Às 14e55h, uma chavinha virou na minha cabeça, ali na verdade quem nasceu fui eu, filha.
Chamo de meu MARCO ZERO, sim, ali eu nasci para o mundo, ali eu descobri o real sentido da palavra amor e o real sentido da vida.

Uma menina linda, a mais linda que conheci e com certeza não conhecerei outra tão linda no mundo, um choro bravo e que a cada colinho do papai, se abrandava, por incrível que pareça, é assim até hoje filha, em todas as manhãs que vamos juntos para a escolinha, né?

São dois anos de aprendizado, Mi, dois anos que o amor que senti no momento em que lhe vi, só aumenta, que coisa incrível, imagina quando você tiver 20, então?
Que DEUS ilumine sempre o seu caminho, minha anjinha e muito obrigado por me renovar a cada dia ao longo deste dois anos!
Feliz Aniversário!
Papai.


Vai ter textão, sim!

Olhar suas fotos pequenina em nosso colo, com aquele rostinho, não menos puro que o de agora, mas com traços de bebê, contrastam demais com...