quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Sem palavras

Oi minha gatona!

Eu andava meio ausente daqui, não é?

Nem te falo, filha, há uma revolução acontecendo nos dias do Papai, nada que me empeça de exercer o meu papel de Pai, nem que faça deixar de dar mais atenção a você, aliás, difícil algo que consiga, talvez sua filha, ou filho quando nascerem, possam ter este poder...mas deixemos isto para quando eu for avô.

Mas voltando ao assunto;

Fica aqui justificada a minha ausência, toda esta "reformulação", me deixa sem palavras.

Assim como fico, ao ver estas fotos, embassadas, mas que mostram a sua beleza e o quanto este olhar ingênuo que você tem, me cativa a cada dia.

Em pé no berço, é mole?

É sobre este olhar que eu me referia.

Tchau!

Perfazendo o trocadilho, você, minha gatona, me deixa sem palavras.
                                                   
                                                   
                

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. ela é simplesmente maravilhosa,obrigada pela neta linda q vc me deu, claro q com a participação da minha querida norinha!

    ResponderExcluir

Não é conta de mentiroso

Filha! Quando comecei a escrever este blog, há pouco mais de 7 anos, eu imaginava você, imaginava seu nome, imaginava como seriam os m...