sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Saudades...

Oi minha princesinha!

Fazia tempo que eu não escrevia assim, “do nada” então comecei a pensar em uma palavra que pudesse expressar o que ando sentindo ultimamente por você:

Saudade!

Mas como, assim, nos vemos todo dia?!

Saio de casa, e vejo você lá (quando a mamãe não percebe e abro a porta de seu quarto com todo o cuidado do mundo, só pra poder te falar um até logo), toda preguiçosa em seu bercinho, dormindo como um anjo que você é!
Terça-feira dessas, chego do trabalho e você lá dormindo, acordou eram umas 11 da noite, só pra mamar e pronto, ah, que soneca!

Hoje quando deixei você e a Mamãe na casa da sua Vovónete ela me falou uma coisa enquanto eu lhe beijava para ir trabalhar: 
“Dá vontade de carregar no bolso”
Esta é a vontade que tenho quando saio de casa e deixo vocês lá, mas pensando bem, o bolso seria pequeno demais, já carrego você em tudo o que faço na minha vida, e assim como o coração da mamãe, o do seu pai também é enorme, e todo seu, viu?

Te amo, filha!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não é conta de mentiroso

Filha! Quando comecei a escrever este blog, há pouco mais de 7 anos, eu imaginava você, imaginava seu nome, imaginava como seriam os m...